Leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos

Leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos, tem sido um dos grandes segredos revelados por quem já participou, pois eles garantem que realmente esses eventos são verdadeiras minas de tesouros!

Todos sabemos das atividades da Receita Federal, que volta e meia apreende os mais variados tipos de produtos importados, devido ao fato do não cumprimento das leis fiscais.

Por esse motivo nos depósitos da Receita Federal, podemos encontrar de tudo: desde cigarros, automóveis, caminhões e acredite neste pacote existem até aviões.

Como participar do leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos

Mas o que vamos focar nesse artigo são os artigos eletrônicos, a exemplo de computadores, smartphones, tablets, notebooks, consoles de videogame e muito mais.

Visando aumentar a arrecadação do órgão, uma vez ou outra, são realizados alguns leilões, onde são vendidas todas essas mercadorias. A alegria fica para quem conseguir ofertar o maior lance.

O que muitas pessoas não sabem é que qualquer cidadão comum, pode estar participando de um leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos, apenas deve seguir e respeitar uma série de regras.

Continue lendo esse artigo, para estar informado sobre tudo o que deve fazer, se realmente esteja interessado em participar de um leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos com valores muito atrativos.

De onde vêm os produtos leiloados pela Receita Federal?

Ao participar de um leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos, será necessário entender o funcionamento, inclusive sobre a origem de tais mercadorias.

Os produtos são oriundos das apreensões realizadas pela Receita Federal, que envolvem vários motivos. Dentre as razões estão passageiros de viagens internacionais, os quais buscam entrar no Brasil com produtos não declarados.

Esses mesmos viajantes também costumam estrapolar os limites de compras. Existem apreensões feitas de encomendas realizadas de forma ilegal, são aqueles compradores (físicos ou jurídicos), que tentam burlar o sistema do Fisco, na tentativa de não pagar os devidos impostos

É bastante comum vermos principalmente os produtos vindos da China, que são impedidos de entrar no Brasil por meio da aduaneira dos portos, em diversos pontos.

Por outro lado há os importadores ilegais que usam a fronteira do Brasil para arriscar cruzar países como Paraguai e Argentina. Nesse trajeto buscam atravessar produtos para serem revendidos por aqui.

Quando são interceptados pela Receita ficam retidos não apenas a carga de mercadorias, como também os veículos, sendo esses carros, caminhões, motos onde tudo estará disponível para leilão.

Qualquer pessoa pode participar do leilão da Receita Federal?

A resposta é sim, praticamente qualquer pessoa física e ainda jurídica observando o requisito de estar quites com a Receita, pode participar de um leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos.

Apesar de que os editais dos leilões geralmente são diferentes, nesses casos devemos entender que existem tipos de processos, onde somente as pessoas jurídicas (empresas) poderão participar. 

Mas logicamente há muitos outros que admitem a participação de pessoas físicas, reunindo em eventos em que as jurídicas estejam, pois uma informação interessante é que a Receita Federal em seus leilões não costuma vetar as empresas.

Onde acontece o leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos?

São definidos em edital dos leilões os lugares onde serão realizados, bem como dados sobre todas as datas e demais informações relativas ao evento.

A principio existe dois tipos de leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos, sendo presenciais e os leilões eletrônicos.

Em se tratando da modalidade de leilão da Receita Federal presencial, o próprio nome da diz tudo, somente pode participar as pessoas que estiverem fisicamente no local.

No caso do leilão eletrônico da Receita pode ser acompanhado através da internet, porém, os interessados devem efetuar um cadastro além de reunir documentos específicos.

Como efetuar um cadastro para leilões eletrônicos?

A pessoa interessada deve possuir um certificado digital, o qual tem que ser adquirido à parte (há vários sites que emitem versões para pessoas físicas e jurídicas).

Outro requisito para a modalidade de leilões eletrônicos da Receita Federal, está na efetivação do código de acesso, que pode ser obtido no Portal e-CAC da Receita Federal. Tal acesso tem validade de dois anos e deve ser salvo de forma segura. Este passo a passo (PDF) detalha o processo.

Asssim que tiver apto com esses dois procedimentos citados, não havendo demais pendências, poderá dar seus lances no leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos e outros produtos de seu interesse.

Leilão da Receita Federal para comprar eletronicos dicas

Como e quando são feitos os leilões da Receita Federal?

A qualquer momento é possível acessar o portal da Receita para conhecer todos os leilões abertos. Ocorrem em diversas regiões do país, sendo aconselhável se inscrever nos que sejam próximos de sua localidade.

A partir do momento que efetua sua habilitação, pode acessar o leilão, onde estará participando da primeira fase, na qual pode dar um lance no leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos.

Sobre a questão de valores oferecidos pelo lote, pode ser até 10% menor do que a maior oferta, onde aqueles que preencham tais critérios ficam selecionados para a segunda fase, que é o pregão propriamente dito.

Diante dessa fase todas as pessoas estarão efetuando os lances diretos e competindo de maneira direta entre si, sendo assim aquele que dar a melhor oferta, e não for contestado, pode levar o lote.

Quais tipos de eletrônicos são encontrados nos leilões?

Nesse ponto realmente existem uma infinidade de coisas, Sendo bem possível arrematar itens bastante comum como é o caso de smartphonestablets, desktops completos, notebooks, monitores e etc.

Para aqueles que são amantes dos games, também podem ter a sorte de achar no leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos os consoles de videogame (de mesa ou portáteis).

Os amantes da tecnologia encontram facilmente drones, drives externos, impressoras, câmeras fotográficas e similares. Os empresários podem arrematar lotes com itens específicos, voltados para empresas e usuários avançados, nesse caso os servidores de rede e switches, entre outros.

Se procura por acessórios e componentes, os leilões costumam ter disponível placas-mãe, pentes de memória RAM, HDs e SSDs, teclados, mouses, fones de ouvido, caixas de som, etc.

Em um leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos, também se pode adquirir outros tipos de itens, inclusive kits de maquiagem, móveis e até veículos apreendidos, esses são os que citamos acima, que cruzam a fronteira do Brasil com produtos não declarados.

A respeito dos valores desses produtos pode haver uma variação enorme. Porém de uma maneira geral os lances iniciais sempre são muito abaixo do valor de mercado. Tudo estará na dependência do estado dos lotes que são apresentados.

Leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos vale a pena?

Para finalizar essa pergunta que não quer calar! Analise comigo, onde na maioria das vezes, um leilão pode sim ser muito vantajoso. afinal há produtos que pode sair muito mais barato do que esteja sendo oferecido numa loja.

Mas tem os detalhes a serem observados, em que o interessado deve estar sempre atento com relação às regras de cada edital. Avalie sobre a distância que pode incorrer em despesas a mais para retirar a mercadoria.

Sobre a questão dos prazos de pagamentos, onde é exigido que efetue a transação financeira do valor total em até oito dias e estar ciente que levará para casa um lote inteiro, e não só o item que deseja.

No mais fica a nossa dica fundamental se deseja mesmo participar de um leilão da Receita Federal para comprar eletrônicos, ou qualquer outro produto. Leia sempre o edital, assim vai entender todas as regras que variam de um para outro e evitar surpresas no meio do caminho.

Leia Também: Leilão Santander diversas motos de baixa quilometragem

Deixe um comentário